coletivo de ideias, nasce da necessidade de se deslocar, conhecer, trocar, experimentar, observando em volta, permeando por outros meios que não escolhemos como “profissão/ atividade”, buscando de alguma forma ampliar o conhecimento.

Se for para parafrasear o clichê “ser ou não ser”, devo indagar ser o que?

se sou o que sou, se nós somos cheio de nós, somado ao que o olhar tem a mostrar, e estar perdido/ transitando numa rede onde todos os olhares se confundem com mais e mais. Se sou, tu SERES.

Nós somos SERES. Que assim como um palíndromo, tanto indo como vindo, sou nós.

53R35 expõe o olhar impregnado de sentimentalidade aguda dos autores e tem a expectativa que a ARTE se espalhe pela mente e coração de todos como um vírus incurável que eternize a memorabília da vida.

quem: felipe paz_arteducador/ fernando banzi_fotografo

1 comentário
  1. esdras disse:

    Long live the Fling!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: